Alejandro Cardozo, o ‘mago do espumante sul-americano’, é o Enólogo do Ano 2021


Alejandro Alberto Cardozo Rapetti foi eleito Enólogo do Ano 2021 pelos enólogos que integram o quadro social da Associação Brasileira de Enologia (ABE). A homenagem foi prestada em jantar do Dia do Enólogo e dos 45 anos da entidade, realizado na sexta-feira, 22 de outubro.

A escolha seguiu um regulamento de três etapas, envolvendo os enólogos associados da entidade. Na primeira, eles indicaram um enólogo, levando em consideração critérios como formação em Enologia e Viticultura, trabalho em prol do profissional de Enologia, cinco anos de experiência na atividade, estar exercendo a atividade, atuação setorial, inovação tecnológica, ser associado a ABE, no mínimo, há três anos e estar em dia com a Tesouraria.


A segunda etapa foi marcada pela seleção dos três mais votados na primeira, respeitando a pontuação pela sua vida profissional, considerando experiências, formação e reconhecimento perante seus pares. A avaliação e homologação do resultado se deu na terceira etapa e foi feita por um comitê formado pelos que já foram homenageados com a distinção. Eles deram uma nova pontuação, atribuída pela percepção que o grupo tem de cada um dos três profissionais. Carisma, experiência, formação, participação e reconhecido desempenho na atividade determinaram a aprovação final.


Alejandro Cardozo presta consultoria para mais de 20 vinícolas, além de bodegas no Uruguai, Chile e Argentina. Ele também já elaborou espumantes em Portugal. Especializado em Enologia tanto em Portugal quanto na Espanha, é colecionador de prêmios em Concursos e publicações especializadas. Sua atuação é reconhecida em diversos países e hoje é chamado por muitos de ‘o mago do espumante sul-americano’. Poliglota, viaja o mundo sempre movido pela paixão pelo vinho. Desde 2017, é sócio proprietário da EBV – Empresa Brasileira de Vinificações, onde elabora vinhos e espumantes para diversos projetos. Também é sócio da Estrelas do Brasil e atende marcas como Varaschin, Cantina das Neves, Cheti Produções, Sozo, Don Basílio e Guatambu e a Compañia de Espumosos Paa, no Uruguai.


Retrospectiva dos homenageados

Enólogo do Ano 2004 – Antônio Czarnobay

Enólogo do Ano 2005 – Gilberto Pedrucci

Enólogo do Ano 2006 – Firmino Splendor

Enólogo do Ano 2007 – Adriano Miolo

Enólogo do Ano 2008 – Ismar Pasini

Enólogo do Ano 2009 - Nauro José Morbini

Enólogo do Ano 2010 – Lucindo Copat

Enólogo do Ano 2011 – Daniel Dalla Valle

Enólogo do Ano 2012 – Dirceu Scottá

Enólogo do Ano 2013 – Juliano Daniel Perin

Enólogo do Ano 2014 - Delto Garibaldi

Enólogo do Ano 2015 – Christian Bernardi

Enólogo do Ano 2016 – Flávio Angelo Zílio

Enólogo do Ano 2017 – Carlos Abarzúa

Enólogo do Ano 2018 – Cedenir Fortunatti

Enólogo do Ano 2019 – Leandro Santini

Enólogo do Ano 2020 – Edegar Scorteganga