Pela França: A Costa Azul no mediterrâneo francês



Brenda Luísa Dalcero/Especial para Bon Vivant*


Mar azul, água cristalina, praia lotada… ao ouvir uma descrição dessas você, talvez, possa imaginar que eu esteja falando do Nordeste brasileiro, ou até sobre o Caribe. Mas não se engane ﹘ é da França mesmo que estou falando. A Costa Azul, (Côte d’Azur, em francês) compreende a faixa litorânea entre as cidades de Toulon e Menton, no sudeste do país, totalizando pouco mais de 200 km. Também conhecida como Riviera Francesa, a região abriga algumas das mais badaladas praias do continente europeu ﹘ Saint-Tropez, Cannes e Nice, por exemplo, bem como o principado de Mônaco. Nesse post, vamos falar sobre Nice. É o primeiro post da série ‘Pela França’!


Nice

Com pouco mais de 340 mil habitantes, Nice é a maior cidade da Costa Azul. Graças a seu aeroporto, é também a principal porta de entrada para os turistas ﹘ como foi o meu caso. Mais de 4 milhões de pessoas visitam Nice todos os anos, fazendo da cidade o segundo principal destino turístico na França (atrás apenas da capital Paris).

As praias em Nice são marcadas por uma característica peculiar para nós brasileiros, mas relativamente comum na costa mediterrânea. Por lá, o mar não bate em uma costa de areia, e sim de pedras, cujo tamanho vai diminuindo conforme a proximidade com as ondas. Para evitar ferimentos na pele, os nativos utilizam nos pés uma espécie de sapatilha de borracha, que também torna a caminhada sobre as pedras mais confortável.



As estruturas rochosas dominam grande parte da paisagem litorânea. Além de comporem o cenário, são também utilizadas para lazer. Na praia La Réserve, localizada depois da zona portuária, uma rocha é ponto de mergulho no oceano. Outro ponto marcante dessa praia é o Le Plongeoir (“prancha de mergulho”, em tradução livre). O restaurante foi construído sobre duas rochas diferentes, e estas são conectadas por uma prancha, como mostra a imagem.

Ponto de mergulho na praia La Réserve, em Nice



Pôr do sol no restaurante Le Plongeoir


A beira da praia também é um dos locais preferidos dos nativos para o Apéro ﹘ um piquenique no final da tarde, para ver o pôr do sol com os amigos. A vista é de tirar o fôlego, sem dúvidas.



Reunir-se com os amigos para o apéro é costume dos nativos

em Nice e em toda a França



Pôr do Sol sobre o Port de Nice, visto da praia La Réserve


Promenade des Anglais

Uma das melhores partes de estar no litoral são as caminhadas à beira-mar, certo? Nice tem um lugar perfeito pra isso: a Promenade des Anglais. A Prom, como é carinhosamente chamada pelos moradores, começa no calçadão do Aéroport de Nice e segue por cerca de 10km, passando por praias famosas como a Neptune Plage e a Plage de l’Opera, e termina logo antes da zona portuária.


O letreiro #ILoveNice é um dos pontos mais fotografados na Promenade


O relevo litorâneo favorece a prática da atividade física. Além das caminhadas, é frequente encontrar corredores, bem como pessoas andando de bicicleta, skate, patins e patinetes. A disponibilidade dos serviços de patinete varia ﹘ quando estive lá, a Lime tinha mais equipamentos, mas era possível encontrar também clientes da Yellow. Para o aluguel de bicicletas, no entanto, Nice conta com o sistema VéloBleu. As bicicletas azuis estão espalhadas por toda a cidade (não apenas na Promenade), e há inclusive estações que oferecem bicicletas elétricas..

O serviço pode ser contratado por aplicativo, que serve também para a retirada dos aparelhos. O sistema funciona da da seguinte maneira: primeiramente, é preciso contratar um plano, que pode ser diário (1 euro), semanal (5 euros), mensal (10 euros) e até anual (25 euros - e, sim, os nativos utilizam muito o VéloBleu). Com esse registro, cada bicicleta retirada tem a primeira meia-hora de utilização gratuita. A partir de 30 min, a segunda meia-hora gera uma cobrança de 1 euro, e cada hora seguinte custa 2 euros. Por isso, a dica é trocar de bicicleta a cada 30 min, para evitar surpresas na fatura do cartão!


Uma das dezenas de estações VéloBleu espalhadas por Nice



Pedalar pela Promenade é uma ótima maneira de conhecer as praias e escolher o melhor lugar para um banho de mar refrescante no Mediterrâneo


A Nice urbana

Nice não é feita só de praias, não! A metrópole também conta com região urbana, opções de turismo, lazer e compras! Confira algumas dicas:

● para os amantes da arte: Museu Nacional Marc Chagall, Museu Massena, Palais Lascaris e Museu de Arte Moderna e Arte Contemporânea;


Musée Massena: uma volta à Belle Époque


● Igrejas que merecem a visita: Catedral Saint-Nicolas, Notre Dame de Nice e Catedral Sainte-Reparate


A Catedral Saint-Nicholas, de arquitetura ortodoxa, é reflexo da grande quantidade

de russos que frequentam Nice


● Parques e programas ao ar livre: Colina do Castelo, Place Massena, Reserva do Mont-Boron, Parque Phoenix (jardim e zoológico), Promenade du Paillon


A Promenade du Paillon começa à beira mar, passa pela Place Massena e termina na Place Garibaldi. É muito frequentada pelos nativos - especialmente crianças, que se divertem nos chafarizes


Para compras: como todo bom destino turístico, Nice é repleta de lojas. Valem caminhadas pela Cidade Velha e também pela Avenida Jean Médecin. O maior shopping é o Nice Étoile, que conta com lojas das principais marcas.

Shopping Nice Étoile


No próximo post, vamos falar um pouco mais sobre Nice, seu centro histórico e os destaques da enogastronomia da região. Não perca!


*Estudante de Jornalismo e professora




Endereço

Rua Adão Mambrini, 58

Flores da Cunha, RS

CEP 95270-000

Entre em Contato

54 9 8117 0211 (whats)

portal@bonvivant.com.br

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco
Atendimento

Segunda a Sexta:

9h - 18h