Vinícola Campestre: enoturismo nos Campos de Cima da Serra do RS



Andréia Debon - @andreiadebon


Com cuidados e algumas restrições, o turismo vai sendo retomado em diversas partes do mundo. E o segmento do turismo do vinho tem chamado muito a atenção, e não somente na Serra Gaúcha, mas em outras regiões vitivinícolas pelo Brasil.

Nos Campos de Cima da Serra do Rio Grande do Sul, uma vinícola imponente chama atenção. Localizada em Vacaria, a Vinícola Campestre está com um projeto de enoturismo de tirar o fôlego. Visitei a vinícola recentemente e confesso que foi um dos projetos mais incríveis que vi aqui no Brasil. E eles estão fazendo grandes investimentos para quando chegar a primavera o turista se encantar ainda mais pelo espaço.


O complexo da Vinícola Campestre começou a ser construído em 2015, logo após a área de 84 hectares ser adquirida pela família Zanotto – antes a propriedade pertencia ao Frigorífico Friva.

A propriedade é inspirada em vinícolas da Europa, especialmente da Toscana. Além da grande área construída, que possui diversos ambientes, nos quais pode-se organizar desde pequenas reuniões até festas para 400 pessoas, a Campestre possui uma área ampla para caminhadas entre os vinhedos.


Por todos os lados, a oportunidade de viver uma experiência diferente, observando a natureza, os animais, um belo lago, além de objetos e obras que valorizam a arte e a cultura.

Em um belo terraço, com vista para o vinhedo, é possível apreciar tábuas de frios e brusquetas, harmonizados com vinhos e espumantes da marca Zanotto e Nova Morada.


TOUR COMPLETO

A visita completa inclui um passeio de até duas horas e meia pelas instalações da Vinícola Campestre, com degustação de vinhos. Ocorre todos os dias.

Horário: Segunda a sexta, das 9h30 às 14h30 / Feriados e finais de semana, às 9h30, 13h30 e 15h30.



O que você encontra no Tour Completo:

Loja

O tour começa na nossa loja, onde você encontra todos os produtos da Vinícola Campestre. No terraço, que fica no segundo andar, está uma das mais belas vistas da vinícola. A finalização do programa também ocorre na loja, onde você pode usar o bônus do ingresso.


Passeio de trator

Um trator conduz os turistas pela área externa da vinícola. As paisagens são lindas e incluem vinhedos de diferentes variedades! Você também é conduzido até a árvore de pedra, que simboliza o trabalho da família proprietária da vinícola e está estampada nos rótulos dos vinhos finos Zanotto.




Museus

Nós temos museus que contam muito sobre a história da vinícola e também do local onde está a elaboração de vinhos finos e espumantes.

A primeira parte da visita é feita em um museu ao ar livre, que fica num galpão. Ali é contada parte da nossa história por meio de trilhadeiras que separavam trigo e milho e de antigas carroças que carregavam toneladas de uvas e vinho a granel. Você também encontra artigos utilizados pelos tropeiros.


O segundo museu a ser visitado é o Museu do Frigorífico. O local conta a história do frigorífico Friva, que funcionava onde hoje é o prédio da vinícola. O local manteve parte do estilo original e tem objetos como máquinas de escrever, registradoras e facas utilizadas no trabalho.

A última parada é no Museu do Vinho, dentro do prédio da vinícola, o visitante conhece um pouco sobre nossa trajetória e a vinificação no Rio Grande do Sul. O turista ingressa a partir grande pipa de madeira e encontra muitos elementos que contam a história dos antepassados que se dedicaram ao cultivo da uva. Um grande armário exibe antigos garrafões cobertos de palha, objetos de laboratório e pipetas.




Área sobre a imigração italiana

Um dos momentos mais interessantes da visita é a apresentação sobre a importância da imigração italiana no mundo dos vinhos. A história é contada com som e luz em um ambiente esculpido pelo artista plástico Postal.



Caves

Você passeia pelas caves subterrânea e aérea, onde os vinhos finos evoluem. Nestes locais você conhece um pouco sobre os vinhos que estão ali, geralmente em garrafas ou em barris de carvalho. Um dos lugares mais bonitos é a cave aérea, onde está uma belíssima estrutura arquitetônica em pedras para o amadurecimento dos blends.




Degustação

A degustação do tour completo inclui até 5 produtos da vinícola. O turista conhece os vinhedos, a elaboração dos vinhos finos, as caves subterrânea e aérea, além dos salões de eventos.

As degustações ocorrem no novo local da Vinícola Campestre.

VALOR: 70 reais por pessoa - (ganha uma taça e 20 reais revertidos em compras na loja)



André Donatti - gerente geral e enólogo-chefe da Campestre.


Em breve a vinícola contará com um restaurante, uma capela para a realização de pequenas cerimônias e piqueniques à beira do lago – que por sinal seu entorno está todo sendo embelezado, ficará incrível.


Onde fica a Vinícola Campestre?

BR 116 – Km 30 / nº 1410, B: Passo da Porteira – Vacaria (RS) - Região dos Campos de Cima da Serra


Site:www.vinicolacampestre.com.br



0 comentário