Presidentes de nove Unimeds do Rio Grande do Sul se reúnem para debater ideias e fortalecer o cooperativismo

August 4, 2018

 

 

 

Presidentes de nove Unimeds do Rio Grande do Sul se reúnem no restaurante Clô, em Flores da Cunha, na noite de hoje, dia 03 de agosto. 


O evento conta com a presença dos presidentes das seguintes Unimeds: Nordeste-RS; Porto Alegre; Altos da Serra; Encosta da Serra Serra Brás; Vale das Antas; Vale do Caí; Vale dos Sinos; e Vale do Taquari e Rio Pardo.

 

Marcelo Fonseca Frigeri, presidente da Unimed Nordeste, fala sobre a importância de se reunir para troca de ideias e se fortalecer enquanto cooperativa. 

 

“Estamos hoje em um dos 17 municípios que fazem parte da área de abrangência da Unimed Nordeste-RS. Flores da Cunha também é um dos locais onde nossa cooperativa mais reúne beneficiários: ao todo, 75% dos moradores desta município têm Unimed. Esse percentual demonstra a pujança do nosso plano de saúde aqui no Estado”.

 

Frigeri comenta sobre os números positivos . Uma força que combina com os números positivos registrados no setor cooperativo gaúcho. “Um balanço publicado pela Ocergs no mês de julho aponta o faturamento recorde de R$ 43 bilhões entre as cooperativas do RS em 2017, com um incremento de 4,3% em relação ao ano anterior. No ramo da saúde, especificamente, 2017 também foi um ano positivo. As cooperativas de saúde gaúchas – e as Unimeds são as grandes responsáveis por esse segmento – registraram um faturamento de R$ 6,4 bilhões, o que representa um crescimento de 8,5% em relação a 2016”.

 

Segundo ele, dos 3,9 milhões  de beneficiários de planos de saúde do Rio Grande do Sul, 50,15% são de cooperativas gaúchas. “As cooperativas do ramo da saúde estão presentes em todos os municípios do Rio Grande do Sul, o que demonstra, novamente, todo o nosso potencial. Essa informação positiva só existe graças ao empenho dos profissionais da Unimed Federação/RS, que se unem para que, com essa soma, possamos ter a força que demonstramos atualmente”.


Frigeri, cita, ainda, o plano de combate à concorrência, também denominado plano de saúde do Mercosul. “Se somos fortes em função de nossa união é porque colocamos em prática os princípios do cooperativismo, que estão em nosso DNA. Tenho certeza de que cresceremos ainda mais ao lançarmos um plano que analisa a concorrência e nos torna mais preparados para enfrentar as variações econômicas registradas no Brasil nos últimos anos.
Ideias assim certamente saem de encontros como este, tão necessários para que possamos trabalhar com a independência que cada singular tem, mas também com cada coirmã caminhando sempre de mãos dadas. Tudo para que, juntos, possamos nos desenvolver cada vez mais”. 


Encontros como este, da área 1, acontecem periodicamente a cada dois meses de forma itinerante.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square