Bon Vivant apresenta guia com 32 Merlot brasileiros


A Merlot é uma das variedades mais versáteis para a elaboração de vinhos. Isso porque adapta-se a quase todos os tipos de solos e, devido à sua precocidade, consegue atingir bons níveis de maturação, mesmo em climas mais frios e úmidos.

A variedade uma das uvas tintas mais plantadas no mundo. De origem francesa, é responsável por, pelo menos, um vinho mítico, o famoso Château Petrus. A França continua sendo o maior produtor desta casta, com aproximadamente dois terços da produção mundial. Bordeaux, com mais de 50% de seus vinhedos cobertos de Merlot, é a principal produtora; sobretudo na sua margem direita, onde a uva domina as plantações das regiões de St. Émilion e Pomerol.

No Brasil ela se destaca na Serra Gaúcha. Nesse terroir, especialmente no Vale dos Vinhedos, é uma das principais castas. Em outras regiões do país ela também proporciona vinhos de qualidade e diversidade de estilos. E a safra 2020 promete vinhos de excelência, já que a mesma é considerada a melhor de todas as últimas colheitas devido as condições climáticas.

Clique na figura abaixo e conheça 32 Merlot brasileiros avaliados pela Bon Vivant

Sobre a variedade

De estrela em muitos varietais à coadjuvante no tradicional ‘corte bordalês’, surpreende por produzir vinhos de fácil agrado, quase sempre macios e sedutores. A Merlot é uma casta que amadurece rapidamente. Adapta-se muito bem a climas mais frios e lugares com solos áridos, argilosos e até rochosos. O chefe geral da Embrapa Uva e Vinho, o pesquisador Mauro Celso Zanus, destaca que um dos fatores para a boa adaptação é que a casta possui um ciclo precoce se comparada a Cabernet Sauvignon, o que leva a uma maior estabilidade de qualidade safra após safra. “O melhor da Merlot é o seu conjunto. Ela tem um ciclo que permite alcançar uma completa maturação, atribuindo aos vinhos uma excelente coloração, aroma frutado e equilíbrio de acidez e de taninos, que é a característica mais importante. Isso é percebido safra após safra”, aponta o especialista.

Quanto aos aromas, destacam-se os de frutas negras, como ameixas, cerejas ou cassis; os de ervas como alecrim e orégano; e os de especiarias como canela e noz-moscada. Pode apresentar outros aromas, como caramelo, baunilha e café, quando os vinhos estagiam em madeira.

Na boca, normalmente apresenta textura macia e bastante aveludada. Seus taninos também são macios. Acidez e álcool em níveis equilibrados. O uso de carvalho pode acrescentar sabor especial à uva, mas também pode diminuir sua elegância. Recomenda-se que os vinhos dessa variedade sejam bebidos mais jovens do que os feitos com outras castas francesas, como a Cabernet Sauvignon ou a Syrah, a fim de manter sua vivacidade e frescor.


Endereço

Rua Adão Mambrini, 58

Flores da Cunha, RS

CEP 95270-000

Entre em Contato

54 9 8117 0211 (whats)

portal@bonvivant.com.br

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco
Atendimento

Segunda a Sexta:

9h - 18h