A interferência da torra no sabor do café



Marília Zanelato

@mariliaszanelato

A torra do café é um dos passos mais importantes na fabricação desta bebida. A torra ideal é aquela que realça as melhores características de sabor, aroma e acidez de cada tipo de grão. O mesmo grão de café terá características muito diferentes conforme o perfil de torra usado.

A primeira parte desse processo é descobrir o potencial de cada café, avaliando o terroir, as características do grão, manejo entre outros. Cada tipo de café oferece uma ampla gama de possibilidades. Os níveis de torra podem ser diferenciados pela cor do grão de café e o aroma. A torra pode ser clara, média ou escura.


A torra do café pode ser dividida em 3 etapas:

1- Desidratação – quando o grão de café perde a umidade que ainda possui após a secagem, na forma de vapor, é caracterizada por um grande salto de temperatura;

2- Reações intermediárias – quando ocorre a quebra dos açúcares e a caramelização, sentimos aquele aroma gostoso de amendoim e nozes;

3- Pirólise – essa etapa demanda mais energia para que ocorra a formação de moléculas de aromas mais complexas. Também é liberada energia nessa fase.


A torra afeta a bebida na xícara. O mesmo grão pode em diferentes torras, ter um sabor diferente. Isso acontece, pois, quanto mais tempo o café fica no torrador, mais açúcar natural do grão é consumido. Portanto, quanto mais escura a torra do café, menos doçura ele terá.


TORRA CLARA: Acentua acidez e aroma com suavidade do sabor. Ameniza o amargor e o corpo. A torra clara preserva mais os óleos aromáticos (grãos permanecem secos), mas acentua a acidez da bebida ao mesmo tempo em que produz um café menos encorpado. Ideal para máquinas de café espresso.


TORRA MÉDIA: Ponto de equilíbrio entre várias características como acidez, aroma e amargor. Normalmente acentua o corpo. Porém, o café começa a ficar menos encorpado com torras mais escuras. Ideal para coador de pano ou filtro de papel.


TORRA ESCURA: Café menos ácido, mais amargo e menos encorpado. Torra mais escura deixa o café mais amargo o que pode ser confundido com um café “mais forte”. Porém, a torra muito escura pode “queimar” o café, acentuando muito o amargor e praticamente eliminando a acidez e o corpo. A torra escura também é utilizada para disfarçar as imperfeições dos grãos, e é bastante utilizada em cafés tradicionais.


Agora que você já sabe um pouco mais sobre torra de café, descubra qual é o seu café e torra favoritos. Aproveite cada xícara!



Fontes: https://bsca.com.br/https://www.clubecafe.net.br/ https://www.graogourmet.com/

http://coffeelab.com.br/blog/

Fotos: Geórgia Thomé e pixabay.com

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco
Atendimento
Endereço

Rua Adão Mambrini, 58

Flores da Cunha, RS

CEP 95270-000

Entre em Contato

54 9 8117 0211 (whats)

portal@bonvivant.com.br

Segunda a Sexta:

9h - 18h