Café é uma fruta!



Marília Zanelato

@mariliaszanelato


A coluna desta semana foi inspirada num vídeo que a Amanda Albuquerque (barista competidora de Curitiba) fez com seu filho Bernardo, que completará 6 aninhos, onde ele conta que café é uma fruta e explica tudo isso que vou explicar hoje!

Café é a fruta do cafeeiro. A semente é uma pequena esfera verde, que quando atinge o estado maduro para a colheita tem um vermelho intenso ou amarelo. Cada fruto costuma possuir duas pequenas sementes semi-esféricas com seus lados planos virados para si.


O café é um endosperma (o endosperma (albume ou albúmen) é um tecido vegetal que se encontra nas sementes de muitas angiospermas) que contém altas quantidades da substância cafeína (0.8 - 2.5% ), nomeada a partir da semente. A semente possui grande importância comercial, como é usada para produzir o café (bebida) e é um produto de exportação significativo para muitos países, inclusive para o Brasil, que é responsável pelo fornecimento de cerca de 60% do café do mundo.


Se café é uma fruta, ele tem frutose, que é o açúcar natural da fruta. Certo? Para que o grão dessa fruta seja torrado, ela passa por um processo de secagem e durante esse processo, o açúcar todo seca juntinho com o grão. Durante o processo de torra, todo esse açúcar carameliza (reação de Maillard - A reação de Maillard é uma reação química entre um aminoácido ou proteína e um carboidrato redutor, obtendo-se produtos que dão sabor, odor e cor aos alimentos). Isso quando se trata de café especial. Já no café tradicional (café de mercado) isso não acontece. O grão passa por uma torra excessiva, onde a reação de Maillard acaba virando uma carbonização. É triste, não é? Pois é, por isso tudo você acha o café especial muito clarinho e até já deve ter chamado de “chá-fé”, mas veja bem... Café especial é naturalmente doce e claro por ter sido processado da maneira correta, além de ter somente grãos maduros e sem imperfeições no seu pacotinho.


Café é uma fruta, é sensível e precisa ser manipulada da forma correta, pois o manejo faz toda diferença na qualidade do fruto. Se for sensível enquanto está no cafeeiro, ela não deixa de ser quando é colhida, sendo assim, para que essa fruta torne-se uma boa bebida, é de extrema importância que todos os processos sejam realizados da melhor maneira possível. Atualmente, o café especial chega a passar por mais de 30 pessoas antes de chegar até a sua xícara e quase 252 mil famílias vivem de café no Brasil. Consuma café especial, é um prazer indescritível beber um café bem cuidado, torrado com carinho e extraído em seu método favorito. Se o grão for bom, não importa o método de extração.


Aprecie sem moderação, deixe-se envolver pelos aromas e sabores cheios de complexidade de uma boa xícara de café!

Referências: @amandabarista

https://www.graogourmet.com/

A origem do café e a Arábia

Fapesp - Aplicação do óleo de café em formulações cosméticas: avaliação da estabilidade e da eficácia fotoprotetora

Embrapa - Extração e caracterização de óleo de café.

UFMG - Café é matéria-prima para obtenção do biodiesel.

Endereço

Rua Adão Mambrini, 58

Flores da Cunha, RS

CEP 95270-000

Entre em Contato

54 9 8117 0211 (whats)

portal@bonvivant.com.br

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco
Atendimento

Segunda a Sexta:

9h - 18h