Com que uva é elaborado o vinho italiano Lugana?


Apreciado principalmente pelos estrangeiros, com destaque para os alemães que visitam o Lago de Garda seu entorno, o vinho Lugana é case de sucesso entre os vinhos brancos italianos. É elaborado com a uva Turbiana (Trebbiano). Até 2011, a variedade era chamada de Trebbiano di Lugana, devido as suas características diferenciadas. Mudou para Turbiana em 2011.


O vinho Lugana pode ser varietal ou, segundo prevê a disciplinar da denominação, utilizando-se 10% de outra variedade branca que seja cultivada na região. Atualmente, a maioria dos produtores prefere elaborar um vinho 100% Turbiana. É um vinho amarelo, com tons esverdeados ou mais dourados, dependendo do tempo de maturação. É dividido em três estilos: Lugana, Lugana Riserva e Lugana Superiore. O primeiro é um vinho mais jovem e fresco. O Superiore deve ter pelo menos 12 meses de envelhecimento. Já o Riserva deve envelhecer no mínimo 24 meses, sendo seis deles na garrafa. Há, ainda, o Lugana Vendemmia Tardiva, estilo passito; e o Lugana Spumante.


Os vinhedos são cultivados tanto na parte lombarda do Lago (Desenzano, Sirmione, Pozzolengo), quanto na vêneta (Peschiera del Garda). O território do vinho Lugana se caracteriza por ser argiloso e calcário, rico em sais minerais. Essas características fazem com que se obtenha um vinho com características organolépticas as quais se destacam os aromas amendoados, além de vinhos estruturados. O clima é influenciado pela brisa que vem do Lago de Garda, com diferenças térmicas entre o dia e a noite. O terroir ideal para o cultivo da uva Turbiana (Trebbiano). Menos produtiva que as uvas cultivadas em outros terrenos italianos, a Turbiana possui cachos médios, compactos e polpa suculenta.

Endereço

Rua Adão Mambrini, 58

Flores da Cunha, RS

CEP 95270-000

Entre em Contato

54 9 8117 0211 (whats)

portal@bonvivant.com.br

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco
Atendimento

Segunda a Sexta:

9h - 18h