top of page

Experiências de Vindima na Serra Gaúcha: Pisa de uva coletiva é atração em Monte Belo do Sul



Antigo hábito dos imigrantes italianos que colonizaram a Serra gaúcha, a pisa de uvas será uma das grandes – e inéditas –atrações da 8ª Festa de Abertura da Vindima, em Monte Belo do Sul. Pela primeira vez, o evento programado para os dias 25, 26, 27 e 28 de janeiro oferece aos visitantes a oportunidade de vivenciar uma experiência marcante. A prática, tão milenar quanto o vinho, foi trazida à Serra pelos italianos, que introduziram a vitivinicultura na região quando chegaram aqui, a partir do quarto final do século 19.


 Na festa, a pisa de uvas terá sete edições, sendo seis delas voltadas ao público – apenas na abertura do evento a proposta será direcionada às soberanas e às autoridades. A pisa consiste em esmagar, com os pés, as uvas colocadas dentro de uma “mastela”, um recipiente de madeira com 3 metros de diâmetro. Era dessa forma que se extraia o mosto das uvas para ser fermentado e produzir o vinho antigamente, uma prática também utilizada no início da imigração na Serra.


A grandeza das dimensões da mastela, neste caso, é para acomodar uma pisa coletiva. Cada grupo, formado entre 20 e 30 pessoas, pisará sobre as uvas ao som tarantelas (música típica da cultura da imigração italiana). O valor será de R$ 50 por pessoa. E, como a prática resultante do amassamento das uvas gera o sumo para o vinho, a Festa de Abertura da Vindima disponibiliza ao visitante a oportunidade de ele levar para casa uma garrafa da bebida que ele próprio ajudou a produzir. Nesta opção, o valor será de R$ 100, e ele ainda poderá acompanhar o processo de vinificação, se assim o desejar.


 A vinificação será realizada por vitivinicultores locais, parceiros da festa promovida pela prefeitura de Monte Belo do Sul. O vinho, possivelmente, estará finalizado até setembro. O visitante poderá escolher, através do preenchimento de um formulário, entre retirar o produto no município ou solicitar que ele seja enviado para algum endereço determinado. Além disso, o visitante também poderá acompanhar o processo de vinificação, se assim o desejar.


 A pisa das uvas, ao contrário do que alguns pensam, não é anti-higiênica. Possíveis agente patogênicos que possam restar do procedimento, já foi comprovado, não sobrevivem no vinho – o que confere segurança à produção. Inclusive, embora a prática hoje em dia seja realizada mais para fins turísticos, algumas vinícolas ainda adotam de tal expediente para produzir vinhos. É o caso, por exemplo, de Portugal. Muitos estabelecimentos da famosa região do Douro ainda fazem a pisa da uva para dar início à vinificação dos icônicos vinhos do Porto, pois defendem que nenhum outro procedimento entrega o que eles precisam para seus rótulos.

 


Desfile de carros alegóricos

A 8ª Festa de Abertura da Vindima reunirá uma série de atrativos nas ruas centrais do município, principalmente na Rua Sagrada Família, no trecho em frente à prefeitura. É por ali que estarão presentes vinícolas e restaurantes com o melhor da enogastronomia local, feira de produtos de empreendedores monte-belenses e de outros locais, dentro da ExpoMonte, e exposição de máquinas agrícolas.


 Tudo envolto numa grandiosa celebração cultural, com distribuição de uvas aos visitantes, que poderão assistir, de graça, a mais de 20 apresentações artísticas, entre elas Os Monarcas, Nenhum de Nós e a cantora italiana Mafalda Minnozzi, responsável por encerrar o evento no dia 28 de janeiro. Também, nessa mesma rua, serão expostos os vestidos utilizados por ex-soberanas da festa e cerca de 100 variedades de uvas cultivadas no município. Em outro ponto da cidade, na Rua Arthur Beltrame, ocorre o aguardado desfile de carros alegóricos. As comunidades do município se reúnem para contar, através de muita história e simbologia, o amor herdado dos imigrantes pelo trabalho, pelas tradições e pela fé que movem o pequeno município serrano, que poderia estar em qualquer vilarejo do norte italiano.

 

Serviço

O quê: 8ª Festa de Abertura da Vindima

Quando: de 25 a 28 de janeiro de 2024

Onde: ruas centrais de Monte Belo do Sul

Quanto: entrada franca

 

Pisa da uva

Dias e horários

- Quinta (25), às 20h30min: edição especial para soberanas da festa e autoridades

- Sexta (26), às 16h e às 21h

- Sábado (27), às 13h45min, às 17h e às 22h

- Domingo (28), às 19h

 

Quanto

- R$ 50 (por pessoa)

- R$ 150 (para pisa + vinificação, com direito a uma garrafa de vinho)

 

0 comentário

Comments


bottom of page