Decantar o vinho: o que é e como fazer



Flávia R. Busetti

@flaviarbusetti


Decantar ou não decantar o vinho? Se sim, por quanto tempo devo decantar? E quais os vinhos que podem ou não serem decantados? Certamente esse é um dos assuntos mais polêmicos no mundo do vinho.

Assim como as taças, os decanter eram utilizados desde o período romano. Diferentemente de hoje, eles eram normalmente de prata, ouro, bronze ou cerâmica, e a principal utilização era para conseguir servir o vinho mais facilmente, pois, naquela época, os vinhos ficavam armazenados em grandes recipientes. Com o passar dos anos, e com a necessidade de ver a cor da bebida, o decanter se tornou transparente e veio tomando as mais inúmeras formas.


A principal função de um decanter é a separação dos sedimentos do líquido. Geralmente os vinhos tintos, com o passar dos anos, formam resíduos oriundos da perda de cor e de seus taninos. Esses sedimentos, se servidos junto ao vinho, trazem uma sensação arenosa e percepção de adstringência em boca, não sendo agradável para a degustação.

Podemos decantar também vinhos jovens tintos, encorpados e com boa presença de álcool. Aqui ele é utilizado para melhorar estes vinhos, já que possuem taninos mais presentes e “duros” e o contato com o ar “amacia” estes aspectos deixando o vinho mais fácil de beber.

A decantação mais discutida, e que vem chamando muita atenção entre os que apreciam a bebida, é sobre a decantação de vinhos brancos, rosés e champagnes. Ao contrário dos tintos, geralmente estes vinhos não possuem sedimentos ao longo do tempo pela ausência de taninos, porém podem apresentar resíduos vindos da estabilização a frio, gerando ácido tartárico, ou por não serem filtrados, como os surlies ( leveduras). Um dos principais empecilhos ao decantar estes vinhos é porque precisam se manter resfriados, normalmente em baldes de gelo. Desta forma será mais comum vermos vinhos brancos velhos ou vinhos brancos doces, como o Sauternes, por exemplo, onde a temperatura mais baixa não é o foco principal. Esta forma de serviço também é importante nestes vinhos, pois devido ao longo tempo fechados, como as champagnes Vintage, pode ocorrer uma redução, pelo limitado tempo em contato com o oxigênio, desta forma precisam aerar, abrindo os seu bouquet aromático.


Existem diversas citações sobre o tempo ideal de decantação de um vinho, porém não há um tempo preciso para cada tipo de vinho. Temos algumas dicas, para que possa lhe ajudar, como:

- Vinhos tintos jovens e potentes e encorpados: 30 minutos a 2 horas, como os beaujolais;

- Vinhos tintos de corpo médio: 30 minutos a 1 hora, como malbec, merlot ou zinfandel;

- Vinhos tintos encorpados: de 1 a 3 horas, como cabernet sauvignon, nebbiolo e tannat.

Sempre temos que ter em vista que decanters com uma base maior são indicados para vinhos que precisam de uma aeração maior, geralmente com mais corpo e tanino.

Como utilizar o seu decanter? Caso esteja somente utilizando para que o vinho aere, e abra os seus aromas, sem apresentar sedimentos, abra a garrafa normalmente e sirva-o no decanter, fazendo com que o vinho entre em contato com as paredes, assim como a imagem abaixo, aguarde o tempo aproximado, e após coloque na taça e deguste.




Para vinhos mais antigos, que apresentam sedimentos, aconselha-se deixar a garrafa repousando em pé, 24 horas antes do serviço. Abrir a garrafa, conforme ensinamos no post Saca-rolhas: ferramenta indispensável, é preciso ter cuidando para não movimentá-la. Após, é hora de acender a vela e deixar abaixo ou perto gargalo para ir acompanhando quando os sedimentos chegam próximo do bico da garrafa no momento que estiver colocando o vinho dentro do decanter. O sommelier irá servir uma pequena quantidade decantada em sua taça e comprovar a veracidade do vinho, após irá decantar todo o vinho, permanecendo uma pequena quantidade de vinho dentro da garrafa, onde os sedimentos estarão presentes. Assim como mostra a imagem abaixo:

Outro aspecto importante é sobre a limpeza do seu decanter. Tendo em vista que alguns possuem formas extremamente complicadas. Aconselha-se ter sempre a esponja própria para a limpeza deles, como esta abaixo, que pode dobrar-se e é facilmente encontrada em lojas online de artigos para casa. Assim seu decanter não ficará com resíduos de vinho, garantido a integridade da próxima decantação.


Crédito foto de capa: hblacksheeprestaurants.com

Demais fotos: winemag.com e www.prezzybox.com


Endereço

Rua Adão Mambrini, 58

Flores da Cunha, RS

CEP 95270-000

Entre em Contato

54 9 8117 0211 (whats)

portal@bonvivant.com.br

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco
Atendimento

Segunda a Sexta:

9h - 18h